Viver uma vida sem planejamento é viver uma vida sem rumo

20160601_130337

Jesus Silva da Fonseca, de 69 anos, vendendo bilhetes todos os dias em Macapá (Foto: John Pacheco/G1)

Hoje estava vendo as notícias do dia através do meu feed do Facebook e me deparei com o título do G1 que me chamou a atenção: ‘Acabei em seis meses’, diz vendedor que ganhou R$ 2 milhões na loteria.

A história de Jesus Silva da Fonseca é um exemplo de que não é todo mundo que sabe viver com muito dinheiro. Na época, se ele tivesse conhecimento sobre educação financeira e investido o dinheiro que ganhou, a vida deste senhor seria bem diferente hoje.

Segundo Leandro Ávila do clube dos poupadores – “Muitos dos problemas que vivemos se originam de hábitos e crenças equivocadas sobre o dinheiro, o trabalho, o consumo e o investimento. São milhões de pessoas na mesma situação, perdendo a melhor parte da vida em busca do que não é importante”.

O que podemos observar, é que o Sr. Jesus passou os 6 meses da sua vida em busca de coisas menos importantes. Deixando de priorizar o próprio futuro e o futuro de sua família para viver apenas o presente.

Hoje o que lhe resta do passado em que foi milionário são apenas as lembranças.

Viver uma vida sem planejamento é viver uma vida sem rumo, onde não se tem pretensão de chegar a lugar algum. Planos podem não dar certo, mas não tê-los será a pior das opções.

 

Anúncios